2.05.2013

De coração.

Como sabem, o fim-de-semana foi óptimo, o dia de ontem continuou na mesma onda e o de hoje igualmente. Estou bem, sinto-me bem! Apesar de ter praticamente começado o meu dia num velório. Pai de uma amiga, já acamado há algum tempo. Foi o melhor. Amiga, desde que o pimpolho-cheiroso nasceu. Foi graças a ela que consegui amamentar. Tive parto por cesariana, não tive descida do leite, praticamente não tinha colostro. Foi uma fase muito difícil, poderia até ter sido traumatizante. Mas não foi, graças a ela, aos ensinamentos e ao apoio. Por isso hoje tinha de lá estar, por mim e pela instituição que fui representar. Sim, porque para além da vida profissional como pediatra, como responsável pelo Cantinho da Amamentação, é também voluntária na nossa valência de mães solteiras. Pelo ser mãe, pela amamentação. Curiosamente, ela que nunca pôde ser mãe biológica, mas que o é, duas vezes, de coração. Por isso, é mais um exemplo na minha vida. Há pessoas que nos dão tanto.
O´

14 comentários:

  1. Funerais nunca são positivos, mas alguns acabam por ser para o bem de todos. É a estúpida lei da vida...

    ResponderEliminar
  2. Essa última frase só não me deixou num pranto porque não calhou. Ando piegas, pá. Mas o teu post está lindo mesmo.

    ResponderEliminar
  3. Sim, é importante estarmos lá para os nossos.

    ResponderEliminar
  4. É sempre dificil... sendo 'o melhor' ou não :( Que a tua amiga agora encontre alguma paz e que rapidamente as memórias tomem o lugar da dor e a deixem sorrir novamente...

    Beijinhos grandes xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tb espero, Paulinha. Ela merece paz e muita felicidade.
      bjs

      Eliminar
  5. "melhor" ou não, a verdade é que custa sempre e nunca se está 'pronto' para enfrentar estas situações. e por isso é sempre bom e reconfortante termos os nossos amigos por perto, tudo fica mais fácil.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. É tão importante estar ali para os amigos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito mesmo, cada vez mais a vida me mostra isso.

      Eliminar