2.21.2013

Agradecida.

Ontem sentia-me terrivelmente cansada. Não sei por que me acontece, mas há alturas em que chego a casa e estou KO. Já pelas 17h, 18h. E depois, o pimpolho-mais-pequenino-cheiroso-e-terrível, dá cabo de mim quando, sem qualquer razão, decide ser bruto com os amiguinhos. A sério... Esta situação deixa-me tristíssima. Questiono tudo: O que estarei a fazer de errado? Será uma fase? Será personalidade? Como devo proceder, explicar e mostrar-lhe que o contrário é o certo? OU dar-lhe uma palmada para sentir como dói?! Porra para estas dúvidas, só vos digo! Imaginem a situação: Duas mães, a falarem, com os pimpolhos no colo. O meu de repente dá uma palmada na mão da outra criança, com força e som, o que faz a outra criança chorar. Digo para não fazê-lo mas ele toma de querer repetir a cena. Cara de tacho, a minha. E "fuga" dos outros intervenientes. Deus, que seja só uma fase. Não quero ser mãe de um Mike Tyson! Exagero, eu sei. Mas a cara de tacho é a minha, ok?! lol
E depois outra coisa que me deixou os humores logo em "alta". Estava a acabar de estacionar o carro, vejo os meus sogros a chegarem no deles. Bem, fiquei logo com uns calores... Primeiro, avisa-se. Segundo, avisa-se! Odeio isto. Fico logo possessa, a ter de disfarçar a má vontade e o sorriso amarelo. Sou má? Até posso ser, mas por favor, estou a chegar a casa, do trabalho, com o meu filho. Quero brincar com ele, usufruir da sua companhia. Ok? Agradecida!
O´

18 comentários:

  1. Eu não tenho filhos por isso a psicologia infantil ainda não está desenvolvida, mas desejo-te muita paciência para que tudo se resolva da melhor maneira :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias! Assim ficas alerta quando chegar a tua altura. lol

      Eliminar
  2. concordo plenamente: "primeiro avisa-se, segundo avisa-se".

    Quanto ao resto, tens de ir dizendo que não se faz. Obviamente que ele desafiou a tua autoridade e chamou à atenção, que é o que eles mais gostam. :D Provavelmente sentia-se "esquecido" no meio de tanta conversa.
    Vai dizendo que não e explicando que ficaste triste com isso e o outro menino também. Eu não sou apologista de palmadas. Acho muito mais eficaz aplicar um castigo do tipo, ficar uns dias sem o brinquedo preferido. Acho que entendem a lição muito mais depressa.

    beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois fofa... Mas será que com dois anos percebe isso de tirar o brinquedo? Ele tem tantos...lol
      Obrigada pelas dicas. VOu procurar seguir todas as hipóteses e ver no que dá.

      Eliminar
  3. A minha sogra também gosta de aparecer de surpresa :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ser genes de sogra. Seremos assim?! hehehe

      Eliminar
  4. Eu não sou apologista das palmadas a toda a hora mas acho que no momento certo (e na idade certa) podem ajudar a educar. Dito isto não me lembro da última vez que a pequena levou uma sacudidela de pó...

    Ele tb faz isso quando não estás ou foi como a art disse, para te chamar a atenção?

    Mas isso são fases... com pais doces como vocês como é que a criança se ia transformar num Tyson? Nem pensar!

    Quanto aos sogros... oh lord... é aborrecido. Eu tenho os meus sempre que preciso, às vezes um bocadinho a mais, mas é a 'paga' pela ajuda que me dão... aguento e calo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele também o faz na escolinha, aos amiguinhos. Espero mesmo que seja uma fase, é muito complicado lidar com isto. Tenho procurado ter paciência e explicado as coisas, sem "sacudir as moscas". Acho que é esperar pra ver resultados. Positivos, de preferência!

      Eliminar
  5. Eu não tenho filhos por isso não te posso ajudar com este assunto.. Amor e muita paciência devem fazer uma boa parte do trabalho, digo eu! Quanto aos sogros já posso fazer qualquer coisinha.. uma esperinha por exemplo eheheh

    ResponderEliminar
  6. Ainda não posso opinar em relação ao comportamento da criança, mas questiona o pediatra... sempre têm uma ideia... acho eu.
    Em relação aos sogros fazias assim: era vê-los chegar com um grande sorriso e dizias: "ainda bem que vieram, aproveito e vou dar uma saltada até ao cabeleireiro e deixo a criança convosco. foi para isso que vieram não foi? para estar com o vosso neto?!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O PIOR é que é mesmo isso, eles querem é que eu o deixe sempre com eles, todos os dias, a toda a hora. Eu é que não caio nessa! lol

      Eliminar
  7. Ai que e' tao dificil educar, ja comeco a sentir isso,
    em relacao a sogra vantagem de viver a 5000km de distancia lol nada de surpresas ahaha
    bjinhosss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sortuda! lol

      É complicado mesmo, e à medida que crescem piora. lol

      Eliminar
  8. Não tenho filhos mas tomo conta deles. :P Não és a primeira, nem a 476575ª nem a última. Só que uns não têm problema em falar sobre o assunto (o que eu acho saudável e natural). É uma fase. =o)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que seja mesmo uma fase. Acredita, é muito mau estar perante a "vítima" e a mãe da "vítima". lol

      Eliminar
  9. Espero que o fim de semana tenho conseguido espantar as más energias, eheh. Esta semana vai ser muito melhor, vais ver. Ando cheia de fé, eheh.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este fim-de-semana foi bom, muito bom. Também ando com as energias em alta, espero mantê-las. lol

      Eliminar