3.13.2014

No mínimo.

Só vos digo uma coisa: à primeira pessoa que eu ouvir falar mal dos bancários, enfio-lhe os dedos nos olhos. No mínimo! 
Vocês não imaginam o stress, as cobranças, a pressão que sofrem. 
Eu sei. 

19 comentários:

  1. eu não sei mas ando lá perto. (e podia dizer o contrário que estás muito longe para me enfiares os dedos nos olhos :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! lol
      Alice, voltaste! Tentei aceder várias vezes ao teu blogue e estava privado! Bom voltar a ler-te. ;)
      Beijinhos! <3

      Eliminar
  2. Antigamente a vida de bancário era outra... as pessoas ficam paradas no tempo :-P Tenho mts amigos bancários e sei bem do que falas... Bjs xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, a vida agora é outra e pior!
      Beijocas <3

      Eliminar
  3. Eu não digo mal dos bancários, mas tenho um gestor que me torra a paciência.

    Assim como conheço professores que me torram a paciência, ou canalizadores, ou empregados de mesa, ou... ;) Olha, eu se calhar também torro a paciência a tanta gente. :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois torra, porque é pressionado para isso, tem objectivos para cumprir, com direito a ranking mensal e tudo.
      Não é fácil!

      Eliminar
    2. Imagiino. :/ Trabalhar por objectivos é teoricamente bom, mas na prática... Mas se o meu não faz o que disse que faria há um ano atrás (tratar do processo para que o banco me pague dinheiro que me deve há um ano - e tenho provas escritas) por objectivos, ainda é pior.

      Eliminar
  4. Até engravidar lecionei língua inglesa a bancários. Tenho vários meus amigos. Acho que também sei um bocadinho do que falas. Paciência, muito paciência!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos mesmo de ter paciência, calma.
      Beijocas, linda. <3

      Eliminar
  5. Eu nada direi...há uns melhores que outros mas como em tudo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! Maior parte sofre neste momento de grande pressão!

      Eliminar
  6. eu já desisti de tentar espancar quem fala mal dos polícias e gê-éne-érres... ahhhhhhhh se eles soubessem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, se eles soubessem... Só nós que vivemos de perto determinadas realidades é que sabemos.
      Beijinhos, mamã! :D

      Eliminar
  7. Respostas
    1. O meu maridão é TOC, embora trabalhe como "simples" contabilista. Mas só quem acompanha esta profissão de perto percebe o quanto são massacrados, dia após dia com novas regras (invenções).

      Eliminar
    2. Verdade! Eu agradeço a todos os santinhos o meu e os conhecimentos que tem das leis que mudaram para meu benefício!

      Eliminar