1.27.2014

Imagem de hoje.

Neste caso de ontem.
Um autocarro de uma instituição de acolhimento de crianças. 
Ainda há quem seja contra adopções e co-adopções. É ver o olhar daquelas crianças e sentir.
Boa semana!

16 comentários:

  1. E ir visitá-los? Ver como vivem, o que têm e principalmente o que não têm. Já há mt tempo que não o faço, essas cabecinhas pensadoras deviam levar um choque de realidade para verem o mundo com olhos de ver... Bjs x

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo o que falta, "choque de realidade". As cabecinhas que decidem tudo e mais alguma coisa neste país, passam o tempo sentados à secretária, com papéis, contas, números... Esquecendo que por detrás de tudo, são vidas que decidimos.
      Beijocas

      Eliminar
  2. Realmente... Será muito mau querer dar amor? Mesmo que sejam pessoas do mesmo sexo a viver juntas?????
    Enfim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas põem os preconceitos à frente de tudo!

      Eliminar
  3. Aí é que está o problema... as pessoas que não querem ver o que está bem à vista!!
    Boa semana ;))*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é as pessoas terem ideias pré-concebidas, muitas vezes erradas, do que é a homossexualidade. Isso é que é grave! Como podemos pedir a estas pessoas que decidam o futuro de uma criança, com base em ideias erradas?!

      Eliminar
  4. Já estive no Refúgio Aboim Ascenção um mês, e há expressões que jamais esquecerei...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já lá estive. Também já tivemos de entregar lá uma criança... Enfim, são realidades dolorosas que não desejo a ninguém!

      Eliminar
  5. Para além de que chamar a certas famílias, só porque os pais são heterossexuais mas se demitem de todas as suas responsabilidades, é tapar o sol com a peneira. Mas o facto é que a adopção, seja por quem for, é um estigma que me custa tanto compreender. Quantas vezes não ouvi eu "ai, COITADO, é adoptado", quando devia ser precisamente o contrário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade Pec, abordas aí um tema fulcral. Muita gente parte do princípio que é coitado e que a adopção não correrá bem, que não terá qq futuro como família, que a criança será difícil, que será revoltada... Enfim, tantas e tantas ideias pré-concebidas. Causa aflição!

      Eliminar
  6. E quem e' que os deu para adocao?? um casal hetero...
    nao consigo entender mentes tao "pequeninas" em pleno sec.XXI
    Olha a minha imagem do dia (ontem pois hoje voltamos aos -14C) chegar a positivos e ver a neve derreter ...
    bjinhooo boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui também precisávamos de um "degelo". ;)
      Beijocas

      Eliminar
  7. Sou a favor de ambas. Quero aproveitar para dizer que a coadoção (ou co-adopção) trata, na verdade, de famílias reais, já existentes. :)

    ResponderEliminar